STF deve se pronunciar amanhã sobre destino de Gloria Trevi

Os advogados de Glória Trevi entregaram hoje ao Superior Tribunal Federal (STF) o pedido de liberação da cantora mexicana. O pedido se baseia em uma decisão de um juiz do México, que considerou inconstitucional o pedido de extradição de Glória, sua secretária Maria Raquenel Portillo e do empresário Sergio Andrade Sanches. Eles estão presos no Brasil desde 2000, quando o governo mexicano solicitou a extradição deles, por causa de acusações de rapto e corrupção de menores. Segundo um dos advogados resposáveis pelo caso, Cláudio Fruet, a expectativa é que o STF se pronuncie amanhã a respeito do pedido.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.