STF deve julgar rápido a verticalização, diz Tasso

O presidente do PSDB, senador Tasso Jereissati (CE), disse nesta terça-feira que o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Nelson Jobim, mostrou-se sensível à preocupação levada a ele pelos presidentes dos partidos em relação à falta de definição das regras para as eleições deste ano. Segundo Tasso, Jobim se comprometeu a levar a julgamento a questão da validade da emenda constitucional que derrubou a verticalização das coligações "o mais rápido possível". O presidente do PPS, deputado Roberto Freire (PE), disse acreditar que uma decisão do STF possa ser tomada em cerca de dez dias após ser protocolada a ação direta de inconstitucionalidade (Adin) contra a emenda constitucional que será promulgada amanhã pelo Congresso, anunciada pela Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). Freire disse que, independentemente da decisão do Supremo, o mais importante é ter uma segurança jurídica para que se conheçam as regras do jogo.O presidente do PMDB, deputado Michel Temer (SP), disse acreditar que, até o fim do mês, o STF terá resolvido o problema da verticalização.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.