STF autoriza aborto de feto sem cérebro

A pedido da Confederação Nacional dos Trabalhadores na Saúde, o ministro Marco Aurélio, do STF (Supremo Tribunal Federal), julgou e concedeu liminar autorizando a interrupção da gravidez de um bebê com anencefalia.A má-formação fetal congênita, em que a criança está destituída de cérebro, é incompatível com a vida intra-uterina e fatal em 100% dos casos. As informações são da rádio CBN.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.