STF arquiva processo de FHC contra Ciro Gomes

O Supremo Tribunal Federal arquivou nesta segunda-feira o processo do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso contra Ciro Gomes. Segundo informou o site do STF, o pedido de inquérito foi arquivado, uma vez que Ciro foi exonerado do cargo de ministro, perdendo assim o foro privilegiado. Ciro era acusado de cometer os crimes de difamação e injúria contra o ex-presidente, em matérias publicadas nos jornais Folha de S. Paulo e O Globo em junho de 2005.O ex-ministro teria dito que Fernando Henrique, da maneira como governou o País, "não possui preocupação com a ética" e que "o atual governo é diverso do anterior, sendo nacional e ético, contra um governo entreguista e contemporizador com a ladroagem", além de ter enumerado casos em que "bilhões de reais em recursos públicos foram mal utilizados": a extinção da Sudam e da Sudene, o socorro aos bancos Marka e Fontecindam, o caso da suposta compra de votos no Congresso para aprovação da reeleição e a privatização da Telebrás.O ministro Celso de Mello informou que os autos do inquérito permanecerão arquivados na secretaria do Supremo até que Fernando Henrique indique outro órgão judiciário para julgar o caso.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.