RODOLFO BUHRER|Reuters
RODOLFO BUHRER|Reuters

STF adia julgamento sobre pedido de liberdade de Marcelo Odebrecht

A decisão foi tomada porque nem todos os ministros estavam presentes à sessão da 2ª Turma da Corte desta terça-feira, 15.

Isadora Peron, Brasília

15 de março de 2016 | 16h28

O Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu adiar o julgamento sobre o pedido de liberdade de Marcelo Odebrecht, ex-presidente da maior empreiteira do País. A decisão foi tomada porque nem todos os ministros estavam presentes à sessão da 2ª Turma da Corte desta terça-feira, dia 15.

Preso desde junho do ano passado, Odebrecht foi condenado na semana passada a 19 anos e 4 meses de prisão por corrupção, lavagem de dinheiro e associação criminosa.

A apreciação de outros dois habeas corpus relativos a ex-diretores da Odebrecht também foi adiada. Estava previsto nesta terça o julgamento relativo ao caso de Márcio Faria da Silva e de Rogério Araújo.

Em janeiro, em uma decisão monocrática, o presidente STF, Ricardo Lewandowski, havia negado o pedido de liberdade de Marcelo Odebrecht. Para o ministro, o empresário poderia obstruir as investigações da Operação Lava Jato caso fosse solto na época.

 

Tudo o que sabemos sobre:
Operação Lava Jato

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.