STF abre processo contra 12 por lavagem de dinheiro

O Supremo Tribunal Federal aprovou abertura de processo contra doze pessoas acusadas de lavagem de dinheiro no julgamento sobre o esquema do mensalão. Serão processados, no núcleo político, o deputado Paulo Rocha (PT-PA) e sua assessora Anita Leocádia, os ex-deputados João Magno (PT-MG) e Professor Luizinho (PT-SP), o ex-ministro dos Transportes Anderson Adauto e seu ex-assessor José Luís Alves. Pela mesma acusação serão processados, no núcleo publicitário, Marcos Valério e seus sócios Ramon Hollerbach e Cristiano Paz, que já respondiam também por peculato e corrupção ativa, além do sócio Rogério Tolentino e das funcionárias Simone Vasconcelos e Geiza Dias. Ao todo, o STF abriu hoje processo contra 19 envolvidos no escândalo do mensalão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.