STF abre inquérito contra Olavo Calheiros

O deputado Olavo Calheiros (PMDB-AL), irmão do senador Renan Calheiros (PMDB-AL), será investigado pelo Supremo Tribunal Federal pela suposta prática de grilagem de terras, danos ambientais, falsificação de documentos públicos e sonegação fiscal. O inquérito foi aberto sexta-feira no STF a pedido do procurador-geral da República, Antonio Fernando de Souza. O caso envolve fazendas do deputado em Murici (AL). As terras teriam registros irregulares. O procurador pede que a Receita Federal informe se as fazendas constam das declarações de renda de Olavo. O deputado nega as acusações.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.