Stephanes sai em defesa de sucessor no governo

O deputado Reinhold Stephanes (PMDB-PR), que entregou hoje o cargo de ministro da Agricultura, saiu em defesa de seu sucessor, Wagner Rossi, supostamente envolvido em irregularidades no período em que presidiu a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab). "Você tem todas as credenciais para ser ministro da Agricultura", afirmou Stephanes, em discurso na solenidade de transmissão de cargo.

FABÍOLA SALVADOR, Agência Estado

31 de março de 2010 | 17h33

Stephanes disse que fez uma avaliação positiva desde o primeiro momento que o nome de Rossi foi mencionado para ocupar o Ministério. "Será um bom nome para Ministério. É um membro da equipe, conhece o Ministério e é um bom nome", afirmou.

Stephanes lembrou que Rossi assume um bom Ministério" que tem, na sua avaliação, a "melhor organização e estrutura pública". E completou: "o Ministério tem quadros, inteligência e capacidade para administrar as necessidades. Tem disciplina e hierarquia. Não temos problemas ideológicos e partidários", ressaltou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.