Stephanes ataca novo índice de produtividade

O ministro da Agricultura, Reinhold Stephanes, disse ontem que o momento "não é adequado" para a atualização dos índices de produtividade no campo, referência usada na desapropriação de áreas destinadas à reforma agrária. Em meio a pressões do Movimento dos Sem-Terra (MST), no mês passado, o presidente Lula encomendou a atualização dos indicadores a Stephanes e ao ministro do Desenvolvimento Agrário, Guilherme Cassel.

Célia Froufe, O Estadao de S.Paulo

09 de setembro de 2009 | 00h00

"Há inadequação do momento e dos critérios", disse Stephanes na Comissão de Agricultura do Senado, pouco antes de uma audiência pública sobre a atualização do índice de produtividade.

Para o ministro, há uma discussão técnica que contesta o novo indicador defendido por Cassel, que leva em conta apenas o cálculo da produção em relação à área. "Não há motivo para um agricultor produzir, se não há mercado para o produto", observou. "O Brasil tem se demonstrado incapaz de proteger sua produção e seus produtores."

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.