SP vive guerra na saúde, diz candidato do PTC

O candidato a prefeito de São Paulo Ciro Moura (PTC) disse no debate desta noite da Rede Bandeirantes que a capital paulista vive uma guerra na saúde, "o que causa muita morte", e propôs um projeto para a realização de consultas a 30 reais, com horário marcado, e, assim desafogar a saúde pública. O candidato do PSOL, Ivan Valente, respondeu que a saúde é direito do cidadão e dever do Estado. "Nós temos de acabar com a terceirização e com a transferência de recursos públicos para o setor privado", afirmou. "Ninguém aqui falou que nós temos de implantar o Sistema Único de Saúde (SUS)", afirmou. "Há uma diferença entre nós", disse Ciro. "Eu sou federalista e acho que o melhor sistema seria que a saúde fosse de responsabilidade do município e a especialidade do Estado. Porque, senão, fica como se fossem três diretores financeiros de uma mesma empresa. Como está, fica um empurra-empurra e não se consegue identificar a responsabilidade", declarou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.