SP: Vítima escapa de cativeiro e seqüestrador é preso

Após receber em casa parte de uma orelha, a família de um comerciante de 44 anos seqüestrado desde 20 de agosto, resolveu acionar a Polícia Civil. Dono de uma rede de supermercados na zona leste da capital e em Guarulhos (Grande São Paulo), o comerciante foi levado quando se dirigia para uma das filiais de sua loja, no bairro dos Pimentas, em Guarulhos.Na manhã de ontem, aproveitando o descuido do bandido que tomava conta do cativeiro, localizado na região de São Mateus, zona leste de São Paulo, o comerciante conseguiu escapar e avisou o irmão. Os bandidos, que haviam exigido inicialmente R$ 3 milhões para liberar a vítima, chegaram a baixar o valor para R$ 100 mil.Durante toda a tarde de ontem, os criminosos entraram em contato com a família do comerciante e ameaçavam vingar a fuga do cativeiro com a morte do comerciante e de parentes seus. Sob orientação da polícia, a família marcou um local para entrega do dinheiro exigido pelos seqüestradores.Próximo à marginal do rio Tietê, em São Miguel Paulista, na zona leste, agentes do Grupo de Repressão a Roubos e Assaltos (GARRA) de Guarulhos, conseguiram deter um dos bandidos, Sérgio Lopes dos Reis, de 23 anos, que estava em um táxi, pronto para receber o dinheiro do resgate. Segundo a polícia, parte da orelha enviada à família do comerciante pertence a uma outra vítima do bando, seqüestrada anteriormente.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.