SP atinge meta de vacinação contra paralisia infantil

A 1ª fase da campanha de vacinação contra paralisia infantil (poliomielite) no Estado de São Paulo foi um sucesso. É o que mostram os números divulgados pela Secretaria de Estado da Saúde. Foram imunizadas 95% das crianças menores de cinco anos no Estado, como foi proposto no início da campanha.A vacinação contra poliomielite ocorreu em 14 de junho e foi prorrogada até 20 de junho nas cidades que não haviam atingido a meta de 95%. Em 23 de agosto será realizada a 2ª fase da campanha, quando todas as crianças precisam voltar aos postos de saúde.´É muito importante que os pais levem seus filhos para a próxima fase de vacinação contra paralisia infantil´, afirma o secretário de Estado da Saúde, Luiz Roberto Barradas Barata.Crianças que não foram vacinadas na 1ª fase também devem ir aos postos em 23 de agosto. Erradicada do Brasil desde 1989, a poliomielite teve seus últimos casos confirmados nos Estados do Rio Grande do Norte e Paraíba. No Estado de São Paulo, o último caso foi em 1988, no município de Teodoro Sampaio. Apesar da erradicação, os países livres da poliomielite precisam manter altas coberturas vacinais e rigorosa vigilância para que a doença não volte.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.