"Sou candidato em Minas" se o PSDB quiser, diz Aécio

O presidente da Câmara, Aécio Neves (PSDB-MG), disse que poderá ser o candidato do partido ao governo de Minas, em 2002. Durante a abertura do seminário Caminhos do Desenvolvimento - Avança Brasil, que reuniu prefeitos, secretários municipais e vereadores mineiros em um hotel da zona leste da capital, Aécio descartou a possibilidade de ser candidato ao Palácio do Planalto, como defenderam alguns de seus apioadores, e reiterou que seu interesse é mesmo a sucessão estadual."Sou candidato em Minas, se o meu partido achar que esse é o melhor caminho", disse. "Não sou candidato à Presidência da República, meu caminho passa e sempre passará por Minas", completou. O deputado tucano também afirmou que, apesar de recentes pesquisas indicarem crescimento da governadora do Maranhão, Roseana Sarney (PFL), na preferência do eleitorado para a disputa presidencial, o PSDB ainda seria o partido mais indicado para apresentar o principal nome da base aliada."Mais importante que um dado pontual, numério, deste ou daquele candidato, é preciso que encontremos o perfil adequado para consolidar a aliança", disse, referindo-se não apenas à união entre os tucanos e os pefelistas, mas também à possível presença dos peemedebistas na frente governista que concorrerá ao Planalto. "E acredito que o PSDB ainda continuará em condição de apresentar o candidato de cabeça de chapa, porque o partido tem um projeto para o País", acrescentou.A declaração de Aécio, de que pode ser o candidato do PSDB ao governo mineiro, não agradou muito ao ministro das Comunicações, Pimenta da Veiga, que também participou do seminário em Belo Horizonte. Pimenta já admitiu ser pré-candidato do partido à Presidência, mas também não descarta a possibilidade de, frustrado seu plano inicial, tentar o governo do Estado. "Ninguém pode ser candidato por vontade própria", disse o ministro, ao comentar a afirmação de Aécio. "É uma decisão que cabe ao partido, não cabe a ninguém, individualmente", ressaltou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.