Sorocaba pode ter disputa em família em 2012

As eleições municipais em Sorocaba, um dos principais colégios eleitorais do interior paulista com 415 mil votantes, podem ter disputa em família para a prefeitura. O pré-candidato a prefeito pelo PMDB, Renato Amary, terá de derrotar a ex-mulher, a deputada estadual Maria Lúcia Amary, do PSDB, se quiser voltar ao Palácio dos Tropeiros. Ex-deputado federal, Renato administrou a cidade de 1997 a 2004 e Maria Lúcia era primeira-dama. Ela também presidiu o Fundo Social de Solidariedade até ser eleita deputada em 2002 com a ajuda do então marido. O casal está separado há pouco mais de um ano.

JOSÉ MARIA TOMAZELA, Agência Estado

26 de dezembro de 2011 | 19h51

Maria Lúcia vinha resistindo a aceitar a pré-candidatura, mas hoje ganhou um empurrãozinho do governador Geraldo Alckmin (PSDB). Durante a entrega de escrituras do programa de regularização fundiária para 945 famílias do Jardim Ipiranga, o governador distribuiu afagos à deputada mesmo na presença de outros dois pré-candidatos tucanos, o ex-deputado federal Antonio Carlos Pannunzio e o atual presidente da Câmara de Sorocaba, José Francisco Martinez.

Pannunzio chegou a ser o mais cotado, mas opôs resistência - ele preside o Memorial da América Latina, órgão do governo estadual. A deputada, que preside a Comissão de Justiça da Assembleia Legislativa, disse que, embora não descarte uma possível candidatura, o partido só tomará a decisão em janeiro.

Sobre a possibilidade de enfrentar o ex-marido, apontado como um dos concorrentes mais fortes, disse que o PSDB vive um bom momento. "Somos governos bem avaliados tanto aqui como no Estado". Em Sorocaba, ela seria lançada com o apoio do prefeito tucano Vítor Lippi, sucessor e "cria" política de Renato Amary - os dois se desentenderam e hoje são adversários. Outros três partidos também definiram candidaturas. O PT concorre com a ex-deputada federal Iara Bernardi. O vereador Hélio Godoy deve sair pelo PSD de Gilberto Kassab e o ex-deputado estadual Raul Marcelo pelo Psol.

Tudo o que sabemos sobre:
eleições 2012Sorocabadisputa

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.