Sorocaba assume gestão do hospital da PUC

A prefeitura de Sorocaba e a Pontifícia Universidade Católica (PUC) iniciaram hoje o processo de transferência da gestão do Hospital Santa Lucinda, pertencente à universidade, ao município. O objetivo é ampliar a oferta de serviços hospitalares à população, aproveitando melhor a estrutura do hospital.Instalado na década de 60, o Santa Lucinda foi idealizado para funcionar como hospital-escola, dando suporte aos cursos de medicina e enfermagem do Centro de Ciências Médicas e Biológicas da PUC na cidade. Com a transferência da maior parte das atividades de residência médica para o Conjunto Hospitalar de Sorocaba (CHS), mantido pelo Estado, o hospital da universidade ficou parcialmente ocioso.A mudança de gestão foi definida por meio de convênio assinado entre a prefeitura, a direção do hospital e a PUC. Segundo o secretário municipal de Saúde, Vítor Lippi, o hospital contribuirá para reduzir a fila de espera para atendimentos de média complexidade hoje existente na rede municipal de saúde. Serão mantidos os atendimentos cirúrgicos nas áreas de cardiologia e ortopedia, nas quais o Santa Lucinda já é referência regional.A prefeitura vai auditar e fiscalizar o atendimento e transferir para o hospital parte das verbas relativas ao Sistema Único de Saúde (SUS) repassadas ao município pelo Ministério da Saúde. Outros oito hospitais da cidade, incluindo quatro psiquiátricos, já têm a gestão municipalizada.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.