Alex Silva/AE
Alex Silva/AE

Soninha fala sobre enchentes e legalização da maconha

A candidata à Prefeitura pelo PPS foi a entrevistada desta terça-feira na série Entrevistas Estadão

De O Estado de S. Paulo

28 de agosto de 2012 | 15h37

A candidata à Prefeitura pelo PPS, Soninha Francine, afirmou que o principal desafio em administrar uma cidade como São Paulo é cuidar de problemas “cultivados há décadas”, como as enchentes. Ela foi a entrevistada desta terça-feira (28/08) na série Entrevistas Estadão.

Soninha falou sobre córregos mal canalizados, afirmando que a enchente é um problema de emergência.

A candidata do PPS também falou da sua recente declaração sobre a legalização da maconha e a comercialização do entorpecente em bares. “Bar foi só um exemplo até meio irônico, que vende vários tipos de entorpecentes, que podem causar dependência, como a cerveja e a cachaça. Por que esse assunto não consegue ser discutido racionalmente?”

Soninha aproveitou para falar sobre Levy Fidelix (PRTB), que chamou a candidata de “maconheira” em entrevista. “No caso do Levy, foi um esculacho”. Ainda falando sobre o assunto, ela disse que pensou em processar seu adversário, mas acabou desistindo da ideia.

As entrevistas seguem durante toda a semana. Na quarta-feira, 29, será a vez de Celso Russomanno (PRB) responder às perguntas dos jornalistas do Grupo Estado e apresentar seu programa de governo. Na quinta-feira, 30, Fernando Haddad (PT) será entrevistado. O candidato José Serra (PSDB) foi convidado para a sexta-feira, 31, mas ainda não confirmou presença.

Além de Soninha Francine (PPS), a série Entrevistas Estadão já teve a participação dos candidatos Gabriel Chalita (PMDB), José Maria Eymael (PSDC), Anaí Caproni (PCO), Ana Luiza (PSTU), Miguel Manso (PPL), Paulinho da Força (PDT), Carlos Giannazi (PSOL) e Levy Fidelix (PRTB).

Tudo o que sabemos sobre:
Eleições 2012Soninha FrancinePPS-SP

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.