Daniel Teixeira/AE
Daniel Teixeira/AE

Soninha diz que 'Haddad tem que comer muito arroz com feijão para chegar lá'

Candidata do PPS é apresentada como o 'novo' na política e faz críticas à aliança do PT com o PP de Maluf

Felipe Frazão,

23 de junho de 2012 | 14h12

O PPS lançou, com o slogan 'Um sinal verde para SP', a candidatura da ex-vereadora Soninha Francine. A convenção foi no plenário da Câmara Municipal.

O tom do convenção foi de críticas ao PT, que formalizou apoio do PP de Paulo Maluf em prol do ex-ministro Fernando Haddad.

Soninha foi apresentada como o "novo" na política, desde a campanha de 2008 a prefeito - em referência ao slogan do petista. Ela disse que Haddad tem que comer muito feijão com arroz para chegar lá. E que mesmo com apoio dos vereadores do PT e de Lula no programa do Ratinho, só agora ele atingiu os mesmos 8% nas pesquisas de intenção de voto que ela tem.

"Hoje iniciamos uma campanha com no mínimo 8%. Há 4 anos, saímos de 1% para chegar a 4,9% dos votos", disse otimista o presidente municipal do PPS Carlos Fernandes.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.