Dida Sampaio|Estadão
Dida Sampaio|Estadão

Sondado por Temer, Quintella aceita convite para comandar Transportes

Na ocasião, Temer verificou com Lessa a possibilidade de não fundir a pasta com o ministério de Aviação Civil

Erich Decat, BRASÍLIA

06 de maio de 2016 | 15h54

BRASÍLIA - Sondado pelo vice-presidente Michel Temer para assumir o ministério dos Transportes num eventual governo, o deputado Maurício Quintella Lessa (PR-AL) aceitou o convite. Os acertos foram feitos em encontro realizado ontem entre os dois no Palácio do Jaburu, residência oficial do vice-presidente.

Na ocasião, Temer verificou com Lessa a possibilidade de não fundir a pasta com o ministério de Aviação Civil. O deputado disse, contudo, que via dificuldades em abrir mão uma vez que a pasta, que deve ser transformada em secretaria vinha sendo negociada desde o início das conversas com o partido. 

A intenção do PR é indicar algum funcionário de carreira da área. O pedido de Temer foi feito em meio à pressão da bancada do PMDB da Câmara que também reivindica a indicação para Aviação Civil. O vice deve bater o martelo somente na próxima semana.

Além do PMDB da Câmara, Temer tem sido pressionado pelo PMDB do Senado que quer o comando do ministério da Integração ao invés do de Minas e Energia, como inicialmente prometido. Integração deve ficar, contudo, com o PSB.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.