Sombra deve sair da cadeia hoje à tarde

O empresário Sérgio Gomes da Silva, o Sombra, preso preventivamente desde 11 de dezembro, será libertado na tarde de hoje. Sombra é acusado de mandante do assassinato do ex-prefeito de Santo André, Celso Daniel, ocorrido em janeiro de 2002.O empresário foi beneficiado ontem por duas liminares concedidas em habeas-corpus, que lhe concedem o benefício de responder o processo em liberdade. Uma delas, foi concedida pelo presidente do Supremo Tribunal Federal, Nelson Jobim, que entendeu ser desnecessário manter Sombra na cadeia, uma vez que ele se apresentou espontaneamente, nunca impôs empecilho à ação da Justiça e nem a notícia de que tenha ameaçado testemunha.A outra liminar foi concedida pelo ministro Édson Vidigal, do Superior Tribunal de Justiça, sob o fundamento de "excesso de prazo para encerramento da instrução criminal". Em se tratando de réu preso, a instrução deveria ter sido encerrada em 86 dias, mas sequer foi ainda iniciada.O alvará de soltura deverá ser expedido pelo juiz do Fórum de Itapecerica da Serra, o mesmo que decretou a prisão preventiva. O advogado de Sombra, Adriano Salles Vanni, prevê que Sombra será libertado após as 13 horas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.