Solução para greve na Filosofia só virá na 2ªF

Foi realizada nesta segunda-feira na USP a primeira reunião da comissão composta de representantes da reitoria, alunos e professores da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH). A intenção é chegar a um acordo para encerrar a greve de estudantes da unidade, que começou no dia 2 de maio."A reunião foi bastante produtiva", disse o coordenador da Administração Geral da USP, Adilson Carvalho. Os três lados da discussão se comprometaram a não divulgar o conteúdo da conversa até que o cronograma de negociações seja concluído.Uma nova reunião foi marcada para a próxima quarta-feira. "Esperamos que na próxima segunda-feira tudo esteja resolvido", afirmou o vice-diretor da FFLCH, Renato Queiroz. Os estudantes disseram que qualquer acordo precisa ser submetido à aprovação na assembléia dos alunos.Também nesta segunda, o reitor da USP escolheu o próximo diretor da FFLCH. O nome do professor titular do departamento de sociologia Sedi Hirano, que foi o mais votado na eleição realizada na unidade, será publicado nesta terça-feira no Diário Oficial.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.