Nilton Fukuda/Estadão
Nilton Fukuda/Estadão

Solidariedade indicará Arthur Maia e Paulinho da Força para comissão de impeachment

A informação é do próprio Paulinho, que é presidente nacional da sigla, e, assim como Arthur Maia, um dos principais aliados do presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ)

Igor Gadelha, O Estado de S.Paulo

03 de dezembro de 2015 | 11h08

Brasília - O Solidariedade indicará os deputados Arthur Maia (BA) e Paulinho da Força (SP) para integrar a Comissão Especial que analisará o processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff na Câmara. A informação é do próprio Paulinho, que é presidente nacional da sigla, e, assim como Arthur Maia, um dos principais aliados do presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), que deflagrou ontem o processo que poderá levar à saída da petista da Presidência da República.

Os outros partidos da oposição deverão anunciar, até o fim da manhã desta quinta-feira, 03, quem serão os seus indicados. Ontem, 02, logo após o anúncio de Cunha, os partidos se reuniram no gabinete da liderança do PSDB na Câmara dos Deputados para discutir o assunto. Hoje pela manhã, tiveram reunião com suas bancadas para a definição dos nomes.

Os suplentes do Solidariedade neste colegiado serão Genecias Noronha (CE) e Fernando Francischini (PR). 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.