Software identifica lavagem de dinheiro

O Ministério Público de Minas Gerais assinará no dia 17 um acordo com o Ministério da Justiça para utilizar o Laboratório de Lavagem de Dinheiro (LAB-LD), ferramenta desenvolvida para investigação de crimes econômicos e do crime organizado que atenderá também o Ministério Público estadual. "É a utilização de softwares para cruzamento de dados e o know how voltados para a apuração de crimes do colarinho branco", define o promotor Rogério Filippetto.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.