Sociólogo critica programa de Roseana no FSM

A presidenciável Roseana Sarney (PFL-MA) foi duramente criticada nesta sexta-feira à tarde durante o painel "Alca e Soberania Nacional", realizado em Porto Alegre durante oFórum Social Mundial. A crítica partiu do sociólogo e professor da USP e UERJ Emir Sader, que classificou o programa de Roseana como "assustador e anticomunista".Segundo o sociólogo, a subida dela nas pesquisas de opinião pública reflete simplesmente o grau de preconceito que muitos ainda têm à candidatura de Lula. O sociólogo disse ainda que a burguesia apoia a governadora porque ainda não se acostumou com as propostas revolucionárias e sociais da esquerda brasileira.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.