Sobrinha deve perder posto em MS

Vera Macieira voltará para o Ministério da Agricultura, diz Delcídio

Rodrigo Rangel e Leandro Colon, BRASÍLIA, O Estadao de S.Paulo

17 de junho de 2009 | 00h00

O senador Delcídio Amaral (PT-MS) anunciou ontem que a sobrinha de José Sarney (PMDB-AP) lotada em seu escritório político de Campo Grande, capital do Mato Grosso do Sul, deve deixar o posto nos próximos dias. Segundo o petista, o presidente do Senado o informou que pretende devolver Vera Portela Macieira Borges para o Ministério da Agricultura, órgão em que ela é funcionária de carreira. "Ele (Sarney) ficou de fazer isso. A vaga não é minha", afirmou.Como o Estado revelou no sábado, Vera Macieira foi nomeada como assessora da Presidência do Senado, mas não fica em Brasília. Sarney apressou-se em dizer que, em Campo Grande, ela dá expediente no escritório de Delcídio Amaral. Apesar da explicação, funcionários de Delcídio disseram não conhecer a sobrinha de Sarney.CONTRADIÇÕESA história da nomeação de Vera Macieira expôs contradições nos argumentos apresentados por Sarney e Delcídio. Ambos afirmaram que Vera fora nomeada assessora do Senado após se mudar para Campo Grande. A própria Vera, entretanto, disse ao Estado que vive na cidade há mais de 10 anos. Sua nomeação como assessora do Senado ocorreu em 2003.Além disso, documentos enviados pelo próprio Sarney ao Ministério da Agricultura, pedindo que Vera fosse cedida ao Senado, atestam que ela foi requisitada para trabalhar na Presidência da Casa, ocupada pelo tio.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.