Sobrevivente da queda do avião pede socorro pelo celular

Oito passageiros que estavam no avião Brasília, prefixo PTWRQ da Rico Táxi Aéreo sobreviveram e foram levados para o Pronto Socorro de Rio Branco. Entre eles o primo do ex-governador do Acre, Hacen Cameli, que sofreu ferimentos leves. Camelli estava falando no celular quando o avião começou a cair. Foi ele, pelo celular, quem comunicou o acidente para amigos e parentes, que acionaram o serviço de resgate. Segundo informações prestadas pelo Corpo de Bombeiros, um dos mortos é mesmo o deputado Ildefonço Cordeiro. Eram 17h50, chovia muito na região quando ocorreu uma forte rajada de vento e com que o avião perdesse o controle. A aeronave caiu em um pasto próximo ao Aeroporto. As partes dianteira e traseira do avião ficaram totalmente destruidas. Uma passageira foi lançada para fora do avião antes que se chocasse ao chão, provavelmente pela despresssurização. "Alguns corpos foram arremessados a mais de 200 metros de distância com o impacto da aeronave", informou o comandante do Corpo de Bombeiros.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.