Sob intensos aplausos, Protógenes é homenageado na Câmara

Delegado afastado da operação que prendeu banqueiro recebeu de Chinaglia a medalha Mérito Legislativo

Denise Madueño, de O Estado de S. Paulo,

10 de dezembro de 2008 | 19h56

Os efusivos aplausos ao delegado Protógenes Queiroz quebraram o clima protocolar da cerimônia de entrega da medalha do Mérito Legislativo, comenda da Câmara criada para homenagear pessoas, programas ou movimentos sociais e autoridades que tenham prestado serviços relevantes ao Poder Legislativo ou ao País. Delegado que comandou a Polícia Federal na operação que levou à prisão o banqueiro Daniel Dantas, Protógenes recebeu a medalha das mãos da deputada Luciana Genro (PSOL-RS). Já o restante do evento foi marcado por "homenagens cruzadas", nas quais os deputados derramaram-se em elogios aos próprios colegas ou correligionários.  Veja também:Cronologia da Operação Satiagraha e os desdobramentos  Justiça condena Dantas a dez anos, mas sem prisão imediataLeia a íntegra da decisão do juiz De Sanctis  As prisões de Daniel Dantas Os alvos da Operação Satiagraha   O líder do PTB, Jovair Arantes (GO), por exemplo, indicou o líder do PR, Luciano Castro (RR), para receber a medalha e vice-versa. "Oh! Que coincidência!", brincou Arantes, ao ser questionado sobre o troca-troca entre os dois líderes. "Na realidade nós conversamos sobre as dificuldades dos líderes e resolvemos fazer uma homenagem aos outros líderes pelo trabalho intenso. É legítimo. É como o voto, por mais absurdo que seja, é legítimo", afirmou.  O marido da deputada Sueli Vidigal (PDT-ES), Antonio Sérgio Vidigal, presidente do PDT do Espírito Santo recebeu a medalha por indicação do deputado Manato (PDT-ES), do mesmo partido e Estado. A deputada homenageou a ex-senadora colombiana Ingrid Betancourt, que, ausente, enviou representante à cerimônia.  A panelinha entre os partidos resultou também na homenagem ao ministro das Cidades, Márcio Fortes (PP), pelo líder de seu partido, Mário Negromonte (PP-BA). A líder do PCdoB, Jô Moraes (MG), indicou a medalha para o presidente de seu partido, Renato Rabelo. Por indicação do líder do PSC, Hugo Leal (RJ), a Câmara entregou medalha ao vice-presidente do PSC, Everaldo Dias Pereira. O deputado José Carlos Aleluia (DEM-BA) optou por homenagear a iniciativa privada. Por sua indicação, a Mesa da Câmara concedeu homenagem a Norberto Odebrecht, empresário e fundador do Grupo Odebrecht.  Paralelamente aos políticos homenageados, a Mesa da Câmara concedeu a medalha do mérito ao atleta paraolímpico Daniel de Farias Dias, medalhista de outro, prata e bronze em 2008, a médicos e a movimentos sociais.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.