Só dois de 70 deputados de SP têm 'falta zero' na Câmara

Somente Chinaglia e Genoino marcaram presença nos 71 dias de sessões deliberativas do ano

Agência Estado,

19 de julho de 2007 | 13h45

Apenas dois dos 70 deputados federais paulistas estiveram presentes em 100% das sessões da Câmara no primeiro semestre do atual mandato. O site da Casa mostra que só o presidente do Legislativo, Arlindo Chinaglia, e José Genoino, ambos do PT de São Paulo, marcaram presença nos 71 dias de sessões deliberativas do ano.   Luciana Costa, que assumiu em maio vaga de Enéas Carneiro (PR), falecido, também tem 100% de comparecimento nos 31 dias de sessões realizadas desde sua posse.   Ao todo, os parlamentares do Estado tiveram 441 faltas justificadas - quando a Mesa Diretora aceita argumento para a ausência - e 194 não-justificadas. Entre os que aparecem no site da Casa com maior número de ausências sem justificativa estão José Aníbal (PSDB), com 19; Aline Corrêa (PP), com 15 e Vadão Gomes (PP), com 12.   A assessoria de Aníbal informa que o deputado tem só três faltas, por problemas médicos, e que quatro estão em análise pela Casa. Outras 13 já teriam sido aceitas pela Câmara. A assessoria de Aline informou que a Mesa ainda está analisando as justificativas dela.   Em duas ocasiões, estava em licença médica. Nas outras, foi prejudicada pelo 'apagão' aéreo. A assessoria de Vadão foi procurada, mas não deu retorno.   Há deputados com mais faltas que o trio, caso de Clodovil Hernandes (PTC), com 33. Mas ele justificou a maioria das ausências (28), pois se recupera de Acidente Vascular Cerebral (AVC). As informações são do Jornal da Tarde.

Tudo o que sabemos sobre:
DeputaodfaltaCâmara

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.