''Só Deus sabe'', diz Serra sobre 2010

Líder nas pesquisas de intenção de voto para a eleição presidencial de 2010, o governador de São Paulo, José Serra (PSDB), disse ontem que "só Deus sabe" sobre seu futuro político. A declaração foi feita durante o lançamento das obras de um parque às margens do Rio Tietê, cuja primeira etapa da obra será concluída em 2012. Indagado se voltaria ao local para inaugurar a obra num segundo mandato como governador, ele soltou a frase. "Só Deus sabe", disse, rindo e encerrando a entrevista.Embora seja o principal nome do PSDB para disputa à Presidência da República, o governador se recusa frequentemente a fazer qualquer comentário sobre seus planos políticos para 2010. Ele até já lançou críticas públicas àqueles que tentam antecipar o debate eleitoral, referindo-se nominalmente ao PT. Não é a primeira vez que o tucano recorre a frases de efeito para desconversar sobre as eleições. No mês passado, em um evento no interior paulista, Serra, em tom enigmático, disse que não tinha pressa em fazer esse debate. "Muita água ainda vai passar debaixo dessa ponte", afirmou na ocasião.Na corrida nacional, Serra disputa com o governador de Minas, Aécio Neves (PSDB), a vaga de presidenciável tucano. Em São Paulo, será o paulista quem decidirá o candidato a sua sucessão. Estão no páreo os secretários Geraldo Alckmin (Desenvolvimento) e Aloysio Nunes Ferreira (Casa Civil).Ontem, ao fim do evento, Serra, numa conversa ao pé do ouvido, disse ao prefeito Gilberto Kassab (DEM) que precisavam conversar sobre sucessão estadual.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.