Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Só 11,8% das casas brasileiras são apartamentos

Apesar do crescente adensamento urbano no Brasil, ainda é pequena a parcela da população que vive em edifícios. Os dados da PNAD mostram que apenas 11,8% dos 46,5 milhões de domicílios brasileiros são apartamentos e estão concentrados nas áreas mais ricas dos grandes centros urbanos. As casas ainda predominam no país: são 87,6% das residências. No entanto, principalmente nas regiões metropolitanas, a pesquisa registra uma tendência: a opção pelas coberturas deconcreto. Enquanto a média nacional é de 24,6%, nas grandes cidades as lajes cobrem mais da metade dos domicílios. Asregiões metropolitanas de São Paulo e do Rio são as recordistas: 52,2% e 57,2%, respectivamente. Esse comportamento está associado à condição econômica das famílias. Diante dos obstáculos para chegar à casa própria, a laje garante a possibilidade de ampliar a casa para abrigar outros familiares ou até vender e alugar para complementar renda.Mantendo a média das pesquisas anteriores, a PNAD registrou que 73,9% dos imóveis são próprios, 17,2% alugados e 8,4%cedidos no País.Paredes de alvenaria compõem 91% dos domicílios, mas os dados de saneamento revelam a precariedade das construções.Dos 63,5% de domicílios urbanos brasileiros considerados com saneamento adequado, 85,4% deles estão localizados na RegiãoSudeste e apenas 11% na Região Norte. No entanto, a região metropolitana do Rio de Janeiro chama a atenção: apenas 50,7%dos domicílios são atendidos por rede geral de esgoto, bem abaixo de outros centros urbanos do Sudeste como São Paulo, cuja cobertura alcança 83,4%.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.