Sítio revela passado glacial do interior de SP

Ao retirarem toneladas de terra para prolongar a Rodovia dos Bandeirantes, em 1999, as retroescavadeiras abriram uma janela para o passado remoto do interior paulista. As obras, na altura do km 96 da estrada, na região de Campinas, trouxeram à tona fósseis de plantas que viveram no local há 310 milhões de anos. A partir deles, paleobotânicos puderam inferir como era o clima e o ambiente da região naquela época: frio e com uma vegetação que lembra as tundras do norte do Canadá. Leia mais em O Estado de S.Paulo

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.