Site pretende contornar 'falta de memória política'

A tradicional "falta de memória política" dos brasileiros que quase nunca conseguem se lembrar em quem votaram na eleição passada inspirou o empresário Fernando Barreto a criar o site www.eulembro.com.br, que pretende ser uma espécie de memória eletrônica dos eleitores. O voto dos internautas ficará sempre salvo no portal, que entra no ar hoje, para que se lembrem em quem votaram.

AE, Agência Estado

10 de agosto de 2010 | 12h02

No site, eleitores poderão consultar trajetória, patrimônio, notícias de jornal, votação em eleições anteriores e promessas de praticamente todos os políticos, de forma a cobrá-los por suas posições e projetos. Os eleitores também terão acesso a Twitter, gravações no YouTube e inserção dos candidatos nas redes sociais. Haverá ainda um fórum de discussões. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Tudo o que sabemos sobre:
eleições 2010memória políticasite

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.