Site do PSB de PE sofre ataque e é retirado do ar

Alvo de ataques virtuais, o site do PSB em Pernambuco foi retirado do ar nesta terça-feira, 30. Em nota, o presidente estadual da legenda, Sileno Guedes, condenou o fato ocorrido a cinco dias das eleições.

ERICH DECAT, ENVIADO ESPECIAL, Estadão Conteúdo

30 de setembro de 2014 | 20h05

"Lamentamos que um fato como esse ocorra, sobretudo porque o PSB é um partido que prima pela livre divulgação das ideias de quem quer que seja. Estamos a cinco dias da eleição, e a utilização desse tipo de expediente mostra o desespero de alguns de nossos adversários. Condenamos com veemência", disse Guedes por meio de nota.

Aliado de Eduardo Campos, morto no último dia 13 de agosto, o candidato do PSB ao governo local, Paulo Câmara, lidera as pesquisas de intenção de votos na frente de Armando Monteiro (PTB).

Na noite de hoje, os dois participam do último debate antes de 5 de outubro, dia das eleições. Em razão do evento, promovido pela Rede Globo, ambos abriram mão de realizar atos de campanha no dia de hoje e ficaram reunidos com as equipes de campanha treinando para o debate.

Tudo o que sabemos sobre:
eleiçõespernambucoPSB

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.