Site de secretaria municipal registra notícia crítica a Aécio

Página oficial da pasta do Desenvolvimento destaca entre notícias mais relevantes post de blog apoiador de Lula com ataques ao então candidato tucano

Ricardo Chapola e Lilian Venturini, O Estado de S. Paulo

06 de novembro de 2014 | 13h35

São Paulo - O site da Secretaria Municipal do Desenvolvimento, Trabalho e Empreendedorismo colocou na página em que destaca as reportagens mais relevantes do dia o post de um blog com críticas ao senador Aécio Neves (PSDB), quando ele ainda era candidato à Presidência. O texto foi publicado em 25 de outubro, véspera da eleição presidencial, mas foi listado no site da secretaria nesta quinta-feira, 6.

Na seção "clipping", a secretaria destaca as reportagens consideradas relevantes pela pasta. A seleção de notícias é feita desde 2010 e o acesso está disponível para qualquer internauta. Na maior parte dos dias, constam reportagens com registros de ações da pasta, de assuntos relacionados à atividade da secretaria ou ainda sobre temas referentes à administração municipal.

Na relação publicada nesta quinta, no entanto, aparece entre os cinco links listados um cujo título é "Aécio foi nocauteado pelo seu próprio sorrisinho de 171 #SomosTodosDilma / Programa 'De Braços Abertos'". O link redireciona para o post do blog Amigos do Presidente Lula, publicação com com conteúdo crítico a partidos da oposição ao governo federal e apoiador do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

 

O post destacado pela secretaria faz observações sobre o desempenho do então candidato Aécio no último debate entre os presidenciáveis na televisão antes da votação, em 26 de outubro. "Por mais que Aécio Neves (PSDB) tenha feito treinamento de mídia, a postura facial dele não convence. Nem nos momentos em que ele consegue responder bem. Fica com cara daqueles 171 querendo te enganar, vocês repararam?", diz um trecho do texto.

A secretaria do Desenvolvimento é comandada por Artur Henrique, filiado ao PT e ex-presidente da Central Única dos Trabalhadores (CUT), entidade aliada à legenda.

Procurada, a assessoria de imprensa da pasta informou que houve um erro por parte da equipe e o material será retirado da página. Ainda de acordo com a secretaria, não há qualquer tipo de interferência do secretário no trabalho desenvolvido pela assessoria. Segundo a assessoria, esse tipo de conteúdo não é registrado na seção, cujo critério de publicação é colocar apenas reportagens com citações diretas ou indiretas ao trabalho desenvolvido pela pasta. O link foi retirado da seção minutos após o contato do Estado, no final da manhã desta quinta-feira.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.