Siron Franco faz duas telas para retratar FH

O presidente e o sociólogo. É dessa forma que o presidente Fernando Henrique Cardoso será retratado pelo goiano Siron Franco. Um dos mais importantes artistas plásticos brasileiros, Siron fará uma obra em tela dupla, com dois metros de altura cada uma. Será um presente para o presidente, que está deixando o cargo depois de oito anos no comando do País.Numa das telas, Fernando Henrique estará na biblioteca do Palácio da Alvorada, como presidente da República. Na outra tela, nos jardins do Alvorada, como sociólogo. A obra, em óleo sobre linho, terá também um jogo visual, com recortes de jornais e revistas de momentos marcantes dos dois mandatos do governo do presidente. Siron esteve hoje no Palácio, onde dirigiu uma sessão de fotos com o presidente, que servirão de base para o trabalho. As fotografias foram tiradas pelo fotógrafo Orlando Brito, amigo de Siron. Os dois ficaram duas horas com o presidente. No próximo ano, Fernando Henrique vai visitar o ateliê do artista, em Goiânia, para posar pela última vez para que Siron possa concluir a obra. Segundo Siron, a idéia de fazer um retrato de Fernando Henrique é antiga. Surgiu em 1988, quando o presidente era ainda senador. "Tenho feito vários retratos de brasileiros que admiro.? Entre eles, Jorge Amado, Ney Matogrosso e Ferreira Gullar. Foi como retratista que Siron começou a sua vida de artista plástico.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.