Sindicatos lançam frente em defesa da CLT

Lideradas pelo Sindicato dos Empregados no Comércio Hoteleiro e Similares de São Paulo, diferentes entidades sindicais lançam hoje, na capital paulista, uma frente intersindical em defesa da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT). O objetivo é garantir os direitos dos trabalhadores e antecipar o debate em torno da reforma trabalhista. "Não queremos que aconteça com a reforma trabalhista o mesmo que está acontecendo agora, com a discussão em torno da reforma da Previdência. Queremos antecipar ao máximo o debate para que toda a sociedade esteja preparada quando chegar a hora de o governo discutir essa outra reforma", disse o presidente do Sindicato dos Empregados no Comércio Hoteleiro e Similares de São Paulo, Francisco Calazans Lacerda.A partir do lançamento da frente hoje, os sindicalistas vão construir uma agenda de trabalho e marcar reuniões para discutir o assunto em diferentes Estados do País. "Devemos começar pelo Rio Grande do Sul e, depois, percorrer demais regiões", afirmou Lacerda. Ele comentou que os integrantes da frente, que é suprapartidária, são contrários à flexibilização da CLT e favoráveis à unicidade sindical, manutenção do sistema confederativo e contribuição sindical compulsória.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.