Simon quer recurso contra arquivamento do processo de ACM

O senador Pedro Simon (PMDB-RS) defendeu a apresentação de recurso contra a decisão da Mesa do Senado de arquivar o processo contra o senador Antônio Carlos Magalhães (PFL-BA), acusado de envolvimento no grampo telefônico na Bahia. Ele afirmou que está disposto a assinar o recurso, para o qual é necessário o apoio de nove senadores, ou de pelo menos um partido político. Simon lembrou que o PT e o PDT já anunciaram a intenção de, como partidos, apresentarem recurso para ser examinado no plenário. Simon criticou o presidente do Senado, José Sarney, por ter tomado essa decisão juntamente com a Mesa, embora não tenha votado o processo. "Sarney não esconde a amizade dele quando quer salvar o amigo", disse Simon.Veja o índice de notícias sobre o grampo na Bahia

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.