Simon envia a Sarney pedido de interpelação de Collor

O senador Pedro Simon (PMDB-RS) encaminhou no começo da tarde ao presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), um pedido para que ele encarregue a corregedoria da Casa de interpelar o senador Fernando Collor (PTB-AL), exigindo que o ex-presidente da República explique os fatos a que se referiu na sessão do plenário, na segunda-feira, que, segundo ele, seriam talvez "extremamente incômodos" para o parlamentar gaúcho.

ROSA COSTA, Agencia Estado

05 de agosto de 2009 | 15h31

Simon esclarece que a sua iniciativa se deve à necessidade de explicar o que Collor quis dizer com a sua ameaça. O senador diz ainda que a interpelação se justifica para o "resguardo" da sua honra e sua biografia política e pessoal, "bem como para a adoção posterior de eventuais procedimentos".

Na segunda-feira, durante sessão do plenário do Senado, o ex-presidente da República Fernando Collor reagiu ao discurso de Simon, que mencionou um episódio da trajetória política do senador alagoano. Na ocasião, Collor pediu a palavra e disse que, da próxima vez que o senador Simon tocasse em seu nome num discurso, ele relataria fatos que seriam "extremamente incômodos" para Simon.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.