Simon e Peres são aplaudidos no velório de Brizola

Os senadores Pedro Simon (PMDB-RS) e Jefferson Peres (PDT-AM) chegaram juntos ao Palácio Guanabara e foram as únicas autoridades aplaudidas durante o velório do ex-governador Leonel Brizola onde outras personalidades. Os dois senadores permaneceram por mais de meia hora ao lado do caixão. Na saída, Simon disse que com a morte da Brizola se encerra um ciclo da história do Brasil. ?Era um homem que nasceu com a política no coração, que colocava o seu País acima de tudo?, disse. Ele condenou as vaias a Lula. Disse que apesar das divergências, há momentos para tudo. ?O presidente fez um gesto respeitável ao vir até aqui pois sabia que Brizola estava tratando o governo duramente?, afirmou. A manifestação hostil ao presidente é um sinal de que a impopularidade de Lula está crescendo, disse Simon. Já o senador Jefferson Peres comentou sobre a enorme quantidade de pessoas presentes ao velório. ?Isso não acontece mais com os homens públicos de hoje. Só com aqueles que realmente fizeram a história?, afirmou Peres. Assim como Simon, ele reprovou as vaias a Lula.A senadora Heloísa Helena (sem partido-AL)qualificou Brizola como um grande combatente. ?Foi um homem fundamental para fazer o País um lugarmaravilhoso, uma pátria soberana e fraterna?, afirmou durante o velório. ?Ele foi uma pessoa que foi sempre muito carinhosa comigo e me ofereceu abrigo político em um dos momentos mais difíceis daminha vida. Vim aqui prestar uma homenagem a ele, trazer uma rosa para aquele que não se dobrou em um País como o nosso em queé muito fácil se ajoelhar perante os poderosos?, disse, fazendo uma referência velada ao PT, partido do qual foi expulsa depois doinício do governo Lula.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.