Simon diz que Malan infringiu Código de Conduta

O senador Pedro Simon (PMDB-RS) subiu à tribuna do plenário do Senado para criticar o fato de o ministro da Fazenda, Pedro Malan, ter comemorado o aniversário de sua mulher, Catarina, na residência do banqueiro Pedro Sales, do Unibanco. Simon disse que Malan teria infringido o Código de Conduta do Servidor Público, que proíbe qualquer servidor de aceitar presentes com valor superior a R$ 100,00. "Essa lei proíbe que tal fato acontecesse, mas aconteceu", frisou.O senador tentou vincular os lucros dos bancos com o tráfico de influência junto ao governo. Ele mostrou dados da Receita Federal, mostrando que no primeiro semestre deste ano o setor bancário foi um dos mais rentáveis no País, e insinuou que tal fato ocorreu em função do setor dispor de informações privilegiadas. Para ele, o Ministério da Fazenda deveria determinar "alguma providência" para verificar se existiu venda de informação privilegiada . "Espero que o ministro Malan, já que o seu nome vem sendo lançado como candidato à Presidência da República, entenda que não é freqüentando palácios ou apartamentos que ele vai chegar a um cargo, mas sim dialogando com a sociedade", afirmou.Segundo os dados da Receita Federal utilizados por Simon, a sonegação dos bancos em 1999 alcançou R$ 29,6 bilhões. O senador lembrou que as instituições financeiras são responsáveis por quase um terço da sonegação de impostos no País e que, descobertas pela fiscalização da Receita, foram autuadas em R$ 8,7 bilhões. Simon destacou ainda que o primeiro semestre deste ano foi o segundo momento mais rentável para os bancos no período de vigência do Plano Real, só inferior ao do mesmo período de 1999, quando houve o processo de desvalorização cambial, que beneficiou a maioria deles. Simon citou um estudo com 20 balanços de grandes bancos, segundo o qual eles apresentaram, no primeiro semestre deste ano, rentabilidade média de 22,8%, contra média histórica de 15%.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.