Simon aceita disputa com Itamar

O senador Pedro Simon (PMDB-RS) disse que recebeu com tranqüilidade a decisão do governador Itamar Franco, de Minas Gerais, de sair candidato à presidência da República pelo PMDB. "Estou entrando no PMDB e vou disputar contigo na convenção", disse Itamar ao senador. De São Paulo, o governador telefonou para Pedro Simon, cuja candidatura à presidência da República foi lançada com pompa pela cúpula do partido no ano passado. "Fico feliz que esteja voltando ao PMDB e será uma honra concorrer com você", respondeu Simon, do outro lado da linha. O retorno de Itamar Franco ao PMDB vem sendo discutido há meses pela cúpula do partido, e sua candidatura tem o apoio do ex-governador Orestes Quércia. O próprio Quércia deixou isso claro a Simon no jantar que a direção do PMDB ofereceu ao deputado Michel Temer (PMDB-SP), na semana passada. A filiação será em Juiz de Fora (MG). Pelas informações de peemedebistas, o aval da cúpula do partido teria sido selado hoje em São Paulo, para onde embarcaram o presidente do Senado e do PMDB, Jader Barbalho, e o senador Renan Calheiros (PMDB-AL). "Sua filiação será por estes dias", disse Simon. O retorno ao PMDB de Itamar, considerado um opositor pessoal e político do presidente Fernando Henrique, não criará conflitos internos no partido, na avaliação de Pedro Simon.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.