Silvinho diz que Okamotto era conhecido como Tio Patinhas

O ex-secretário-geral do PT Sílvio Pereira disse nesta quarta-feira, em depoimento na CPI dos Bingos, que durante a campanha presidencial de 2002, o presidente do Sebrae, Paulo Okamotto, era conhecido como "Patinhas", o personagem de Walt Disney famoso por ser, ao mesmo tempo, pão-duro e dono de um imenso cofre de dinheiro."Tenho a impressão de que era uma pessoa séria. Tanto é que era que chamado de Patinhas. Durante a campanha ele cuidou das instalações da sede do PT", respondeu Silvinho, ao ser indagado pelo relator da CPI, Garibaldi Alves (PMDB-RN), se conhecia Paulo Okamotto.Uma das grandes frustrações da CPI dos Bingos é nunca ter conseguido quebrar os sigilos bancários, telefônico e fiscal de Okamoto, que confessadamente pagou uma dívida de R$ 29 mil do presidente Luiz Inácio Lula da Silva ao PT e outra, da filha Lurian.A CPI suspeita que Okamotto seja exatamente o contrário do "Tio Patinhas" de Disney. Em vez de ser pão-duro, seria um mão aberta, sempre disposto a pagar as contas dos amigos, principalmente do presidente Lula e de seus parentes, atitude que o verdadeiro "Patinhas" não admite.Em depoimento na CPI dos Bingos, o ex-petista Paulo de Tarso Venceslau acusou Okamotto de cobrar propinas de empresários fornecedores de prefeituras administradas pelo PT e de ser um dos administradores do caixa 2 do partido. Confrontado com Venceslau, Okamoto chamou o desafeto de mentiroso. E Venceslau reafirmou o que dissera.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.