Silverinha quer que os filhos não usem mais seu sobrenome

O pedido do fiscal de renda Rodrigo Silveirinha Corrêa para que o sobrenome pelo qual ficou conhecido seja retirado do nome dos três filhos pode entrar na pauta do 2.ª Câmara Cível na quarta-feira da semana que vem. Será a primeira reunião dos desembargadores depois do fim do recesso do judiciário, que termina amanhã. Silveirinha, que está preso sob acusação de estar envolvido no desvio de US$ 33,4 milhões para contas na Suíça, quer suprimir seu sobrenome do nome dos filhos porque as crianças - gêmeos de 4 anos e um menino de 8 - têm sido alvo de chacota na escola em que estudam. O caso será decidido pelo desembargador José Magalhães Peres.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.