Shakira visita Dilma e causa alvoroço no Planalto

A cantora colombiana Shakira causou alvoroço e histeria no Palácio do Planalto na tarde de hoje, antes e depois de ser recebida pela presidente Dilma Rousseff. Shakira, que fará um show na capital esta noite, entregou a Dilma um violão autografado e propôs parceria entre a Fundação Alas, criada por ela para atender crianças pobres da América Latina, e o governo brasileiro.

LEONÊNCIO NOSSA, Agência Estado

17 de março de 2011 | 18h22

O encontro de Shakira com a presidente durou cerca de 20 minutos. Depois, numa entrevista em que falou apenas em português, Shakira relatou que Dilma gostou do trabalho social desenvolvido pela fundação, voltado especialmente para crianças até seis anos. "Ela ficou entusiasmada de trabalharmos juntos", disse a cantora.

"É uma bênção que o Brasil tenha agora uma mulher (na presidência) para entender a realidade das crianças, disse a cantora". No Salão Nobre, onde realizou a coletiva, Shakira foi abordada por funcionários do palácio que pediram autógrafos, tiraram fotos e gritaram o nome da cantora.

Tudo o que sabemos sobre:
ShakiraDilmavisitaPlanaltoalvoroço

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.