Sete ações contra racionamento Justiça Federal de SP

Três novas ações contra as medidas de racionamento do governo foram protocoladas no final da tarde desta quinta-feira na Justiça Federal de São Paulo. São três mandados de segurança impetrados por pessoas físicas. No início da tarde, a Justiça Federal havia recebido uma ação civil pública protocolada pelo Ministério Público Federal (MPF) na 6.ª Vara de São Paulo. Até o momento, tramitam na Justiça Federal de São Paulo sete ações questionando as medidas provisórias nº 2147 e nº 2148-1 do governo federal, que propõem a cobrança de sobretaxas e a interrupção do fornecimento de energia elétrica em determinadas regiões do País.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.