Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE
Antonio Milena/AE
Antonio Milena/AE

Sessão em homenagem ao PSOL é vetada na TV Câmara e partido acusa censura

Ao contrário do que costumava fazer com outros partidos, canal não exibiu sessão solene em comemoração aos 10 anos da sigla; presidência da Casa diz que não haverá mais transmissões partidárias

Daniel Carvalho, O Estado de S. Paulo

15 de setembro de 2015 | 11h17

BRASÍLIA - Ao contrário do que costumava fazer com outros partidos, a TV Câmara não exibiu, nesta terça-feira, 15, nem mesmo na internet, a sessão solene realizada na Câmara dos Deputados em homenagem aos dez anos de criação do PSOL. A legenda acusa o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), de censura.

De acordo com a assessoria de imprensa do PSOL, a Câmara alegou que não haverá mais transmissão de sessões solenes de partidos. Em vez de exibir a cerimônia que ocorria no plenário, a TV passou a veicular imagens da sessão de uma das comissões que ocorre nesta manhã. No site da Câmara, o link do plenário remetia à Comissão de Seguridade Social, de acordo com o PSOL.

"Entendemos isso como uma censura, um impedimento. Você não pode falar para fora (da Câmara)", disse o deputado Ivan Valente (PSOL-SP), que afirmou que contestará a decisão na reunião de líderes nesta tarde.

A presidência da Câmara informou ao Estado que a TV Câmara está passando por mudanças há dez dias e que não haverá mais transmissões partidárias. De acordo com a Casa, a programação não é discutida com nenhum partido, por isso o PSOL não foi comunicado de que não haveria transmissão.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.