Sessão é cancelada e Congresso não analisa vetos

A sessão de análise de vetos presidenciais do Congresso Nacional marcada para hoje foi cancelada na noite desta quarta-feira, 16, devido à extensão dos trabalhos no plenário do Senado. Assim, deputados e senadores dão início na próxima semana ao recesso informal sem ter votado nenhum veto presidencial neste ano.

DAIENE CARDOSO, Agência Estado

16 de julho de 2014 | 20h26

Em agosto do ano passado, os parlamentares retomaram a rotina de apreciação de vetos. Na ocasião, foi aprovada uma resolução que determinava a apreciação dos vetos presidenciais a cada 30 dias. Ficou acertado que haveria sessões mensais, sempre na terceira semana do mês.

Este ano, nenhuma sessão conjunta do Congresso conseguiu deliberar sobre os vetos presidenciais, ora por obstrução da base aliada, ora por falta de quórum. Vinte e um vetos totais e parciais já se acumulam na pauta.

Como Câmara e Senado terão agendas diferenciadas de esforço concentrado em agosto e setembro, a expectativa é que o Congresso só se reúna agora após as eleições.

Tudo o que sabemos sobre:
CongressoVetos presidenciais

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.