Sessão do Senado é encerrada sem discurso de Renan

A sessão no plenário do Senado com a presença de apenas dois parlamentares foi encerrada no fim da tarde de hoje, sem qualquer pronunciamento por parte do presidente da Casa, senador Renan Calheiros (PMDB-AL), que nem chegou a entrar no plenário. Na chegada à Casa, Calheiros se negou a atender os repórteres. Rumores hoje no Senado davam conta de que o presidente da Casa estaria com uma carta pronta pedindo seu afastamento por 120 dias do cargo. Renan foi acusado nesta semana de patrocinar, por intermédio do assessor parlamentar Francisco Escórcio, espionagem contra os oposicionistas Demostenes Torres (DEM-GO) e Marconi Perillo (PSDB-GO).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.