Sessão do Congresso anulará 1,5 mil vetos presidenciais

O segundo vice-presidente do Senado, Romero Jucá (PMDB-RR), disse nesta terça-feira que o Congresso vai realizar nesta quarta, 12, uma sessão para anular cerca de 1,5 mil vetos presidenciais. Esses vetos, segundo Jucá, estão há um longo tempo na pauta para serem apreciadas, mas já perderam o objeto, como vetos que dizem respeito a orçamento de anos anteriores.

RICARDO BRITO, Agência Estado

11 Junho 2013 | 19h09

Romero Jucá afirmou que os presidentes da Câmara, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), e do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), devem decidir uma maneira para apreciar o restante dos outros vetos que não serão "limpados" na sessão desta quarta-feira. A ideia é fechar um cronograma de apreciação desses vetos.

Questionado pelo Broadcast, serviço de notícias em tempo real da Agência Estado, sobre quando será apreciado os vetos à Medida Provisória dos Portos, o segundo vice-presidente do Senado disse que ele vai entrar na "nova sistemática" a ser fixada pela cúpula do Congresso.

Mais conteúdo sobre:
Congresso vetos presidenciais

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.