Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Servidores protestem contra reforma em frente ao Alvorada

Um grupo de cerca de 100 servidores que hoje ocuparam as dependências do prédio do Ministério da Previdência chegou na noite desta quinta-feira em dois ônibus, à portaria do Palácio da AlvoradaServidores para protestar contra a reforma previdenciária. Os manifestantes acenderam velas e rezaram, num protesto irônico, contra as mudanças propostas pelo governo. O presidente Luiz Inácio Lula da Silva está sendo aguardado na sua residência oficial. Ele está retornando de Santa Catarina, mas deve chegar de helicóptero. Se chegar de carro, vai encontrá-los. A sindicalista Janira da Rocha, do Sindicato dos Trabalhadores em Saúde, Trabalho e Previdência (Sindiprev), disse que o objetivo do grupo é "apenas ser recebido pelo presidente " e que eles não pretendem invadir a área em que se localiza o Alvorada. Os manifestantes, vindos sobretudo do Rio de Janeiro e de Minas Gerais, querem também que o governo estenda aos servidores da Previdência de Minas, São Paulo, Rio e Paraná o plano de cargos, carreiras e salários, que representaria um aumento salarial de 47,11%. Os servidores do Rio estão em greve desde 2 de junho. Não houve, até agora, reforço na segurança do Palácio da Alvorada.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.