Servidores protestam contra mudanças na PEC da Previdência

A comissão especial da Câmara que analisa a chamada proposta de emenda constitucional (PEC) paralela à reforma da Previdência está reunida para votar o parecer do relator, deputado José Pimentel (PT-CE). Servidores públicos fizeram manifestação na porta da sala da comissão contra as mudanças feitas pelo relator do texto, aprovado antes pelos senadores. Um grupo de animação teatral participou da manifestação. Um dos atores usava nariz de palhaço, representando os servidores. Outro estava fantasiado de pinóquio, representando o governo, que, segundo os manifestantes, está enganando o funcionalismo porque não estaria respeitando um acordo entre governo e oposição que garantia a aprovação da PEC paralela sem quaisquer modificações em relação ao texto enviado à Câmara pelo Senado. Os governistas negam a existência desse acordo. Pimentel afirma que o entendimento era para se agilizar a votação e não em relação ao mérito. A sessão da comissão especial está sendo acompanhada por um grupo de servidore s públicos, alguns deles exibindo cartazes com frases de cobrança da manutenção do texto anterior da PEC.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.